Vacinação contra a Covid-19 começa nesta segunda-feira em MT, afirma governador

Em Mato Grosso, segundo Mendes, as vacinas começarão a ser aplicadas às 16h, no horário local.

Por G1 MT 18/01/2021 - 12:28 hs

O governador Mauro Mendes anunciou que a vacinação contra a Covid-19 vai começar ainda nesta segunda-feira (18) em Mato Grosso. O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou nesta manhã que a vacinação será iniciada a partir das 17h em todo o país.

Em Mato Grosso, segundo Mendes, as vacinas começarão a ser aplicadas às 16h, no horário local.

Nesse primeiro momento, Mato Grosso vai receber 65.760 mil doses da vacina.

Plano Estadual

 

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual da Saúde (SES-MT), trabalha em uma força tarefa para que a vacina contra a Covid-19 chegue aos municípios o mais rápido possível.

A ação faz parte do Plano Estadual de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 em Mato Grosso e prevê, caso necessário, o apoio de seis aeronaves do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

Com o objetivo de promover a adequada logística da vacina, com segurança, efetividade e equidade, a SES vai ampliar a Rede de Frio Estadual e já viabiliza uma Central Estadual e mais quatro Centrais Regionais (Barra do Garças, Cáceres, Rondonópolis e Sinop), assim como a aquisição de equipamentos de refrigeração e frota adequada para distribuição terrestre. O investimento estimado é de R$ 2,2 milhões.

A escolta dos materiais até os 14 polos de distribuição será feita pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), além das Polícias Federal e Rodoviária Federal e o Ministério da Defesa. Nos casos em que for necessário, o Ciopaer disponibilizará sua frota aérea para dar celeridade à distribuição.

Nos próximos dias, os 141 municípios de Mato Grosso começam a receber as agulhas e seringas que já se encontram em estoque e que serão utilizadas no plano de vacinação contra a Covid-19.

A SES também providenciou a aquisição suplementar de 6,5 mil seringas para o enfrentamento de vacinação, com investimento na ordem de R$ 2,8 milhões.