MATARAM AVÔ E NETA: Presos confessam e alegam vingança por causa de pescaria

Quarto suspeito não foi encontrado pela Polícia; esposa e filho das vítimas também foram baleados

Por Midia News 01/09/2020 - 17:19 hs

A Polícia Civil prendeu os três suspeitos pelo assassinato de um homem e de sua neta em uma chácara de Lucas do Rio Verde (a 320 km de Cuiabá), no domingo (30).

Na ocasião, morreram Eduardo Ferreira dos Santos, 45 anos, e neta dele, de apenas três. A esposa dele, de 45, e o filho, de 26, também foram baleados, mas não correm risco de morte.

De acordo com as investigações, dois dos suspeitos, que são primos, confessaram o crime, e alegaram que foram até o local em busca de vingança. 

Eles contaram que no sábado (29) estiveram na chácara da vítima para pescar, mas Eduardo não autorizou a entrada. Mesmo assim eles entraram em seu terreno. 

Irritado, Eduardo teria feito disparos de espingarda para intimidá-los. E então eles foram embora.

Já no domingo, os dois primos foram até um bar, onde encontraram mais dois comparsas que estavam armados. Reunidos, os quatro foram até a casa de Eduardo em um Gol vermelho, para tomar satisfações.

Houve um desentendimento e posteriormente, os disparos de arma de fogo.

Prisões

O primeiro suspeito foi preso em uma casa agrícola, onde estava trabalhando. Ao ser abordado ainda em flagrante, ele assumiu a autoria e apontou um primo como o segundo participante, que também foi preso. Com eles foram apreendidas duas porções de droga.

O terceiro envolvido, que já estava em Vera, foi encontrado ferido e encaminhado ao hospital para atendimento médico.

O quarto suspeito foi identificado e foram feitas buscas em sua residência, onde ele não foi localizado.

Na casa, os policiais apreenderam uma pedra de pasta base de cocaína, uma balança de precisão, dois aparelhos celulares, além de vários apetrechos para comercializar droga.