Tenente da 'tortura' é tirada da geladeira e vai ser promovida

Por RD News 09/05/2020 - 16:06 hs

A tenente Izadora Ledur foi tirada, pela Justiça, para fora da geladeira, após dois anos respondendo por tortura e morte de um aluno do Corpo de Bombeiros, e agora será promovida à capitã. De quebra, receberá um bom dinheiro, retroativo a 2018.

A juíza Cristiane Padim da Silva extinguiu um processo que estava impedindo a promoção da oficial bombeira, que é filha de um militar aposentado.

Izadora havia tentado a promoção cinco vezes e, mesmo ré numa ação criminal que apura as circunstâncias da morte do aluno durante treinamento supervisionado por ela em 2016, não há mais impedimento para conseguir a patente de capitã. E, uma vez promovida, passará a ganhar R$ 18 mil mensais.