Maggi critica Moro: O governo Bolsonaro teria acabado se não demitisse

O ex-ministro da Agricultura manifestou sua opinião em grupo de Whatsapp.

Por Reporter MT 28/04/2020 - 14:39 hs

O ex-ministro da Agricultura, Blairo Maggi, manifestou sua opinião sobre o pedido de demissão de Sérgio Moro, do Ministério de Justiça e Segurança Pública, e de Luiz Henrique Mandetta, da Saúde, em um grupo de WhatsApp de empresários e lideranças políticas do país.  O Empreendedores Brasil tem como integrantes o empresário Luciano Hang, dono da Havan, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles e da Infraestrutura Tarcísio Freiras.

Para Maggi, a demissões foram necessárias e que, caso não ocorressem, “o governo de Jair Bolsonaro tera acabado”.

Nas mensagens que o site Gazeta Digital teve acesso, o ex-ministro ainda fez críticas a Sérgio Moro dizendo que conduziu a operação Lava Jato com olho na política.

“Moro construiu sua história sobre milhares de desempregados da Lava Jato, ruína da economia. Tudo poderia ter sido feito diferente, coibindo os ilícitos e preservando as empresas e os empregos. Conduziu a Lava Jato com o olho na Política! Este foi seu maior pecado. Felizmente, este tipo de atitude tem vida curta".

Ele ainda comenta que votou no presidente Jair Bolsonaro, mas que não irá se calar sobre coisas erradas e ‘ficar aplaudindo tudo que é m... que o governo faz, não ajuda em nada, pelo contrário”.