Empresa despeja dejetos de banheiros químicos no rio Araguaia após carnaval

O descarte incorreto é crime ambiental, além de contribuir para a proliferação de diversas doenças.

Por AF Notícias/Márcia Costa 28/02/2020 - 00:02 hs

Dejetos de banheiros químicos foram jogados no Rio Araguaia em plena luz do dia após as festas carnavalescas em Xambioá, no norte do Tocantins. O crime ambiental foi flagrado por um morador da cidade.

Os vídeos mostram os funcionários da empresa contratada pela Prefeitura realizando a limpeza manual no local onde estão os banheiros provisórios, que fica a poucos metros de distância do rio.

As imagens também mostram os funcionários com baldes e um deles entrando na mata que dá acesso à água para despejar os dejetos.

Procedimento correto

Para realizar o descarte correto dos dejetos sanitários acumulados nos banheiros químicos, um caminhão com uma bomba sucção devia aspirar os detritos e depois transportá-los para estações de tratamentos de esgoto.

O descarte incorreto é crime ambiental, além de contribuir para a proliferação de diversas doenças parasitárias e infecciosas e a degradação d’ água.

O que diz a prefeitura

Ao AF Notícias, a Prefeitura de Xambioá informou que já tomou providências e abrirá um processo administrativo para apurar a denúncia.

Veja a nota na íntegra

“A Prefeitura Municipal de Xambioá, tão logo recebeu a informação referente à limpeza indevida dos banheiros químicos realizada pela empresa licitada para fazer a limpeza, recolhimento e descarte de lixo e dos dejetos durante o carnaval, determinou providências enérgicas.

Nesta quinta-feira, 27, a Secretária  Municipal de Meio Ambiente de Xambioá, Marivalda Martins Borges, notificará os responsáveis determinando a limpeza adequada da área visando minimizar os danos ambientais.

A empresa poderá ainda ser autuada, conforme prevê a legislação vigente por crime ambiental, e também será aberto um processo administrativo no âmbito da Administração.

Ainda nesta quinta-feira, 27, será registrado um boletim de ocorrência na Polícia Civil e o caso será levado ao conhecimento do Instituto de Natureza do Tocantins (Naturatins).

A secretaria de Meio Ambiente e Turismo fará, também, a análise da água para assegurar a segurança de banhistas, pescadores e ribeirinhos, sem prejuízo de outras medidas necessárias para assegurar a boa saúde pública de todos os xambioenses”.