Calor de 41°C faz caixa d'água derreter em Aragarças, diz morador

Segundo o Inmet, cidade no oeste de Goiás registrou a maior temperatura do ano no estado ao bater 41,1°C.

Por Rodrigo Gonçalves G1 GO 14/09/2019 - 13:02 hs

Com a temperatura mais alta registrada este ano em Goiás, Aragarças bateu 41,1°C, de acordo com dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). No município da região oeste do estado até caixa d’água está derretendo com o calor, segundo o os moradores.

Uma foto feita na chácara de Egídio Alves, a 11 km do centro da cidade, logo começou a circular nos grupos de aplicativo de mensagens da família. A imagem mostra a caixa d’água de plástico toda retorcida, no alto de uma estrutura de madeira.

Segundo o genro de Egídio, o empresário Eliomar Moreira Nogueira, uma pessoa que estava tomando conta chácara ouviu um barulho e quando olhou a água estava escorrendo e a caixa derretendo.

“Surpreendeu todo mundo. A gente sabe que está um calorão, mas nunca tinha visto isso da água ferver e derreter a caixa d’água”, contou o empresário. A caixa d’água é feita de polietileno, um tipo de plástico, e com capacidade para mil litros.

“Ela estava cheia na hora porque o compadre do meu sogro tinha ido lá justamente para colocar água para os animais”, afirmou Eliomar. Apesar da proximidade com o Rio Araguaia, de acordo com a chefe do Inmet em Goiás, Elizabete Alves Ferreira, Aragarças tem registrado as maiores temperaturas do estado durante os últimos dias. Assim como em outras cidades de Goiás, o clima por lá é reflexo dos cerca de 120 dias sem chuvas no estado.

Dias quentes

Nesta sexta-feira (13), a máxima foi de 40,1°C, no entanto, no dia anterior foi quando ocorreu a maior do ano: 41,1°C. Para este sábado, a previsão é que os termômetros também batam os 41°C. A umidade relativa do ar tem ficado em 12%.

Além da falta de chuva, Elizabete aponta outro motivo para as altas temperaturas em Aragarças. É que a cidade está a apenas 200 metros do nível do mar, enquanto Goiânia, por exemplo, está a 740 metros. “Quanto à temperatura, a altitude influência. Quanto mais alto, a tendência é da temperatura diminuir. No caso de Aragarças a altitude é mais baixa, por isso as maiores temperaturas são registras lá”, informou a chefe do Inmet em Goiás.

Ainda segundo ela, a tendência é que os dias sigam quentes em todo o estado, pelo menos, até o próximo dia 26. “Pode ser que antes, no dia 24, já tenha mudança no tempo na região sudoeste, mas em todo o estado a previsão é que haja alteração a partir do dia 26. Vamos acompanhar para ver se vai ser chuva ou só nebulosidade”, comentou Elizabete Alves.