Confresa: Polícia Civil prende mulher por tráfico de drogas

Por Assessoria 08/07/2019 - 19:33 hs

Uma mulher envolvida com o comércio de entorpecente na região do município de Confresa (1.160 km a Nordeste) foi presa pela Polícia Judiciária Civil, na noite de sábado (06.7), durante trabalho investigativo visando prender traficantes na cidade.

Regiane Cristina da Silva Brito, 28, foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, após ser surpreendida em posse de diversas porções de pasta base de cocaína, embaladas e prontas para venda.

Os investigadores realizavam diligências pelo bairro Setor Vila Nova, para averiguar a denúncia de uma pessoa, que estaria em Confresa com certa quantidade droga objetivando abastecer “bocas de fumo” na cidade.

Uma residência, com movimentação estranha, foi identificada e passou a ser monitorada. Na noite de sábado (06), após intensa circulação de pessoas no endereço, a equipe avistou o momento em que Regiane saiu da casa com uma bolsa e ficou parada em frente a casa.

A jovem foi abordada e com ela apreendido, dentro de uma bolsa, uma vasilha enrolada dentro em uma sacola plástica com forte odor químico. Questionada, a mulher informou que se tratava de pasta base de cocaína, sendo duas porções contento dentro várias porções menores prontas para o tráfico, totalizando aproximadamente 200 gramas.

Diante do flagrante, a suspeita foi conduzida para Delegacia de Polícia, interrogada e presa pelo crime de tráfico de drogas.

Regiane é  esposa de um dos autores do latrocínio que vitimou a investigadora Márcia Regina de Matos Silva, no mês de março, em Ribeirão Cascalheira.

Após a confecção dos autos de prisão em flagrante, a suspeita foi encaminhada para Cadeia Pública Feminina de Nova Xavantina, ficando à disposição da Justiça.