Estudante de Barra do Garças que cursava medicina no Paraguai morre de dengue hemorrágica

Por Araguaia Notícia 26/06/2019 - 08:47 hs

Um jovem brasileiro de 23 anos, que cursava medicina em Pedro Juan Caballero no Paraguai, faleceu nesta terça-feira (25/6) com suspeita de dengue hemorrágica. Carlos Fernando Resende Carmo passou mal na cidade paraguaia logo cedo e buscou atendimento num hospital de Ponta Porã em Mato Grosso do Sul onde infelizmente veio a óbito.

Segundo a família, o estudante estava se preparando para retornar ao Brasil para passar as férias com a família. Na segunda-feira, ele ligou avisando que retornaria na terça-feira a Barra do Garças. Só que Carlos acordou com mal-estar, febril e logo apareceram algumas manchas pelo corpo. Ele ligou e avisou a família e imediatamente procurou atendimento médico.

Os médicos preliminarmente diagnosticaram como dengue hemorrágica e entraram com a medicação necessária e o entubaram na expectativa de salvar a vida do rapaz. Todavia, Carlos não resistiu e faleceu por volta do meio-dia. O acadêmico é filho do Clever Carmo e da Maiza Resende, de famílias conhecidas em Barra do Garças.

O pai, Clevinho, chegou a deslocar de avião para Ponta Porã com intenção de ajudar o filho, mas quando chegou lá recebeu a notícia sobre a morte dele.
 
Carlos cursava o quinto ano de medicina. Ele é sobrinho da secretária de saúde de Barra do Garças, Clênia Monteiro e do empresário Munir, da Garagem Veículos.

Munir informou que o corpo do estudante está vindo num carro funerário e deve chegar por volta das 8 horas da manhã de quarta-feira (26/6) e será velado na Câmara Municipal de Barra do Garças.