Barra do Garças: Sob gritos de mito, Bolsonaro quebra o protocolo e é ovacionado

Servidores de MT aproveitaram a visita para protestar contra a gestão Mauro e reforma da Previdência

Por Francis Amorim - RDNews 05/06/2019 - 17:34 hs
Foto: Alan Santos

Jir Bolsonaro (PSL) quebrou o protocolo e fez na primeira visita oficial como presidente a Mato Grosso algo inesperado para quem quase cancelou sua vinda, devido a uma "análise de risco", detectada pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI). Ele surpreendeu o esquema de segurança ao realizar várias paradas na principal avenida de Barra do Garças para abraçar a população. No segundo turno da eleição presidencial, 63,7% (18.236 votos) da população da cidade votou no presidente. Apoio demonstrado nesta manhã.

No trajeto percorrido pela região central da cidade, o presidente parou o veículo oficial e fez aparições públicas pela porta do carro. Em alguns pontos, como nas praças Sebastião Alves Júnior e Garimpeiros, Bolsonaro cumprimentou populares, pegou crianças no colo, colocou chapéu e acabou ovacionado. A atitude não constava da programação oficial.

Convidado pelos governadores Mauro Mendes (Mato Grosso) e Ronaldo Caiado (Goiás) para o lançamento do programa Juntos pelo Araguaia, Bolsonaro transformou a visita aos Estados em uma grande manifestação pública em favor do seu Governo.

Com chegada prevista para às 9h30 na Praia Quarto Crescente, às margens do rio Araguaia, em Aragarças (GO), o presidente só apareceu após 46 minutos de atraso. Na chegada foi recebido com gritos de "mito, mito" por forte apelo popular. Nem mesmo os dois protestos realizados pelos sindicatos da Educação (Sintep) e do sistema penitenciário (Sindspen), contra, principalmente, Mauro Mendes, ofuscou a popularidade do presidente.

Na estrutura montada nas areias do rio Araguaia, Bolsonaro, vestido com uma camisa do Goiás Esporte Clube, clube goiano que disputa a Série A, acabou surpreendido pelo rompimento do cordão de isolamento que separava o público do local e a invasão de uma multidão que pôde vê-lo mais de perto. Novas manifestações de "mito, mito", levaram o presidente a demonstrar gestos de carinho, prometendo, no palanque, retribuir o apoio com trabalho. Em seu discurso, defendeu, entre outros pontos, o projeto encaminhado para a Câmara que modifica o Código de Trãnsito Brasileiro.

Alan Santos

Jair Bolsonaro - Araguaia

Bolsonaro cumprimenta Mauro ao desembarcar em Barra do Garças; Virginia Mendes e Ronaldo Caiado acompanham

Ainda sob apelo popular, Bolsonaro foi às margens do Araguaia e de jet-ski, acompanhado por Caiado, percorreu um pequeno trecho do rio. Saiu da embarcação aplaudido e seguido por populares que conseguiram furar o cordão de isolamento novamente.

 Na volta para o embarque, foi forçado a parar para fotografias e teve que ser amparado pelo Exército para entrar no veículo oficial. Antes de entrar no automóvel, o presidente recebeu novas manifestações de crianças que estavam no local e enfrentou um batalhão de pessoas.

O presidente, acompanhado por Mauro, Caiado, Mauro Carlesse (governador do Tocantins), ministros, senadores, deputados e prefeitos, se deslocou para o Parque das Águas Quentes, em Barra do Garças, para um almoço fechado.

Veja vídeo que mostra Bolsonaro cumprimentando população: