Operação integrada apreende 16,6 kg de ouro irregular em aeroporto de Aragarças

A carga avaliada em quase R$ 3 milhões estavam sem documentação. Estava vindo de Progresso no Pará com destino a Catanduva em São Paulo. A carga apreendida foi para Polícia Federal que levantou o serviço e repassou a força co-irmã PM de Barra do Garças e Aragarçase documentação e foi encaminhada a Polícia Federal

Por Assessoria / 5º CRPMMT 28/05/2019 - 19:21 hs

Na manhã de terça feira (28/05), a Polícia Militar de Barra do Garças, juntamente com a Polícia Militar de Goiás e Polícia Federal realizaram a apreensão de 16 kg de ouro avaliado em R$ 2.8 milhões de reais, de acordo com a cotação do ouro de hoje.

O fato ocorreu após informações interceptadas pela PM-MT de que uma aeronave estaria pousando no aeroporto de Aragarças-GO, cidade vizinha a Barra do Garças, com carga ilegal. Abordagem inicial ocorreu pela PM-GO, tendo a PMMT chegado em apoio posteriormente, constatando que a aeronave iria realizar abastecimento estava transportando 16,635kg de ouro sem procedência, além de R$ 4.700 reais em dinheiro.

O piloto W.D.M.A. de 35 anos informou aos policiais que presta serviço para uma empresa proprietária da aeronave (Neiva EMB-711ST de prefixo PTRRB) e que decolou da cidade Novo Progresso-PA e tinha como destinho a cidade de São José do Rio Preto-SP.

O suspeito foi detido e conduzindo para a Delegacia da Polícia Federal de Barra do Garças, onde poderá responder por crime de usurpação mineral previsto no art. 2º da Lei nº 8.176/91.