Câmara Municipal de Confresa aprova CPI que investigará Águas de Confresa

A Águas de Confresa já foi notificada diversas vezes pelos poderes executivo e legislativo de Confresa

Por Olhar Alerta 03/05/2019 - 03:15 hs

Após vários meses de reclamações ininterruptas por parte da população a respeito da falta de cumprimento de medidas da Águas de Confresa, a Câmara de Vereadores aprovou, em sessão ordinária ocorrida na manhã de quinta-feira (2), uma CPI que irá investigar as ações da concessionária.

Conforme apurou o site Olhar Alerta, o pedido de CPI que foi aprovado por unanimidade visa apurar as denúncias de despejo de dejetos de esgoto sem tratamento no leito do rio cuja a extensão banha o setor Santa Genoveva, na barragem pela extensão de bombeamento localizada no setor Santa Luzia, na nascente do córrego em uma chácara do setor Saúde, em um lençol freático no setor Aeroporto e no interior de um loteamento residencial de Confresa.

A CPI também irá apurar a interrupção de prestação do serviço de fornecimento de água constantemente sem justificativa; a falta de reparação na pavimentação asfáltica após consertos na rede; a insuficiência de colaboradores/funcionários para atender adequadamente a demanda do município; a emissão de faturas e cobranças de valores elevados; e por fim, os vazamentos de esgoto por diversos tampões nas vias urbanas.

A concessionária atualmente também é investigada por irregularidades no município de Barra do Garças, onde é alvo de uma CPI, e vale ressaltar que já foi notificada diversas vezes pelos poderes executivo e legislativo de Confresa em nome da Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores.