Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre implanta serviço para pacientes com hanseníase

O atendimento aos municípios ocorrerá por agendamento prévio, podendo atender até três pacientes por dia. Com o serviço de sapataria, os pacientes passam a receber palmilhas com adaptação para os calçados, que auxiliam na recuperação e reabilitação do tratamento.

Por Assessoria 13/03/2019 - 09:59 hs

Foi implantado no centro de reabilitação de Porto Alegre do Norte o serviço de sapataria para atender os pacientes com hanseníase que estão em tratamento na Rede Básica de Saúde.

O novo serviço conta com a parceria da ONG internacional Kobras, sediada em Rondonópolis e representada por Manfred Goobel, que doou os materiais. A Secretaria Municipal de Saúde também cedeu o espaço para abrigar a sapataria e custeou a capacitação de cinco servidores que trabalharão na oficina ortopédica.

De acordo com o coordenador das Ações de Hanseníase e Tuberculose do Escritório Regional de Saúde de Porto Alegre, Gonçalo Gomes Souza, é comum que os pacientes em tratamento apresentem um quadro de saúde com alterações na sensibilidade dos pés e úlceras plantares, inclusive pés diabéticos.  

“Por atacar os nervos periféricos, a hanseníase é um doença que traz sérios problemas de saúde e pode ocasionar inúmeras deformidades em seus pacientes”, esclareceu o coordenador.

O atendimento aos municípios ocorrerá por agendamento prévio, podendo atender até três pacientes por dia. Com o serviço de sapataria, os pacientes passam a receber palmilhas com adaptação para os calçados, que auxiliam na recuperação e reabilitação do tratamento.