Ex vice-prefeita de Confresa e Secretária de Educação é presa por desobediência em operação da PF.

A ex-secretária foi encaminhada para a cadeia pública feminina de Nova Xavantina.

Por Agência da Notícia 11/03/2019 - 11:59 hs

A ex vice-prefeita, e também ex-secretária de Educação de Confresa-MT, Agenora Morais (PRB) foi presa na cidade de Barra do Garças por desobediência na operação Tapiraguaia da Polícia Rodoviária Federal, que investiga e acompanha todos os desvios públicos na cidade de Confresa.

A também conhecida como “Gê”, se encontrava em viagem quando a operação foi deflagrada. Desse modo, voltou a trabalhar mesmo nas condições de afastamento do cargo. Por meio de denúncias, a Polícia Federal decretou prisão e caracterizou o fato como desobediência à decisão maior de afastamento do cargo de Secretária de Educação e suas funções.

A ex-secretária foi encaminhada para a cadeia pública feminina de Nova Xavantina.

De acordo com informações ex-oficiais Agenora Moraes foi detida ainda na semana passada.

Relembrando o caso:

 A operação Tapiraguaia que teve início no ano de 2017 tem como objetivo investigar todos os casos de desvios público na cidade de Confresa, cumprindo 61 mandatos de busca apreensão. Com alvos nas cidades de  Cuiabá, Confresa, Canabrava do Norte, Porto Alegre do Norte, todas em Mato Grosso, e em Goiânia (GO) e Dourados (MS). 

Os mesmos possuíam contratação nas áreas de educação, saúde e infraestrutura nos anos de 2015 e 2016, durante o mandato do ex-prefeito Gaspar Lazzari (PSD)