Servidores estaduais param atividades por 24 horas nesta terça

Categorias cobram salários em dia e concessão da Revisão Geral Anual

Por 24 Horas News 12/02/2019 - 10:33 hs

Ato da manifestação desta terça-feira (12) é para protestar contra os projetos encaminhados pelo governo para aprovação na Assembleia Legislativa no último mês, chamado de ''Pacotão''.

De acordo com os organizadores, o ato está previsto para começar às 14 horas no TRT, com caminhada até o Palácio do Governo e ato às 16 horas e finalização na Assembleia Legislativa às 17 horas. Os servidores também pretendem participar da sessão vespertina da Casa de Leis.

Pelo menos 15 sindicatos do Estado de Mato Grosso devem participa da 'greve' de 24 horas dos servidores. Entre as categorias que aderiram ao movimento estão a saúde, educação, área meio, ensino superior e alguns setores da segurança pública.

Apelidado de “pacotão da maldade”, segundo o Fórum Sindical, esses projetos mexem em direitos como o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA) e na previdência estadual, o MT Prev. Outra reivindicação dos servidores é o pagamento de toda a folha salarial até o dia 10 de cada mês, conforme previsto na Constituição Estadual.

Conforme o Fórum Sindical, os servidores da Segurança Pública não confirmaram a paralisação, mas farão assembleia. Pela legislação, a Polícia Militar é proibida de fazer greve.