PitBull é sacrificado após atacar dois homens na região do Araguaia

Por Agência da Notícia 27/01/2019 - 21:40 hs

Um cachorro Pitbull de cor marrom foi sacrificado durante um ataque que ele fez a dois homens na cidade de Pontal do Araguaia em Mato Grosso na divisa com Goiás. Os homens ficaram bastante feridos. O fato aconteceu por volta das 18 horas de sábado (26/1) quando o animal descontrolado foi cima do dono, E.A.S. 43 anos, e do pedestre J.C.S., 50 anos, que passava pela rua e tentou ajudar na contenção do animal conforme apurou o site Araguaia Notícia

Segundo relato, o Pitbull ficou enfurecido porque tentou pegar uma cachorrinha Poodle que passava pela calçada e foi contido pelo dono que tentou segurá-lo pela coleira e aí começou a fúria do cão.

O animal se virou e pulou no pescoço do dono que caiu no chão e passou a mordê-lo violentamente. Um pedestre que passava pela calçada tentou ajudar e também foi atacado nos braços e pernas.

Vizinhos e pessoas que passavam pelo local começaram a jogar pedras e paus para ver se o animal soltava os dois homens e não conseguiram. Os bombeiros foram acionados e assim mesmo o cachorro travou a mordida em cima do dono e não largou.

O policial militar Júlio César, que mora perto do endereço, conta ao site Araguaia Notícia que foi chamado por vizinhos cm a informação de que o cachorro estava matando os dois homens.

“Quando eu cheguei, os bombeiros já estavam lá, mas o animal estava agressivo e tinha mordido os dois homens e o dono estava dominado pelo Pitbull e gritava muito por socorro pedindo ajuda porque estava muito ferido e estava com medo do animal morder no pescoço dele e acabar com a vida dele. E ele pediu para sacrificar o animal que não o soltava e foi feito um disparo depois do consentimento da equipe do bombeiro e o animal soltou o mesmo”, conta o policial.

O policial disse que essa ação foi necessária porque os dois homens feridos corriam risco de morte. O militar comentou que esse fato serve de alerta para quem cria cães ferozes redobrar os cuidados com relação ao animal mantendo-os sempre bem fechados, longe de crianças e idosos e quando sair manter o bicho na corrente e se possível com focinheira.

Cães Ferozes 

Em Barra do Garças já teve vários casos de ataques de pitbulls e rotveilleres. O site Araguaia Notícia No início deste ano, um casal de pitbulls escapou de casa e matou um cachorro vira-lata após arrastá-lo do terminal de coletivos até o colégio Gaspar Dutra.

No bairro Jardim das Mangueiras, há muito tempo atrás, na casa de um médico, um pitbull atacou um menino de nove anos de idade filha da empregada doméstico.  A criança que tem hoje em torno de 18 anos ficou com várias cicatrizes.

Especialistas orientam que cães ferozes precisam ser treinados por adestradores antes de serem criados em ambiente familiar.