São Félix do Araguaia: IV Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente discute medidas para enfrentamento da violência

Por Vanessa Lima/O Repórter do Araguaia 30/11/2018 - 02:23 hs

Em São Félix do Araguaia - MT, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA) realizou em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social, a IV Conferência Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente com o Tema: Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências. O evento foi realizado nesta quarta-feira, 28, no Rotary Clube. O objetivo principal é mobilizar autoridades, crianças, adolescentes e a sociedade para a construção de propostas voltadas para a afirmação do princípio da proteção integral de crianças e adolescentes nas políticas públicas, fortalecendo as estratégias/ações de enfrentamento às violências e considerando a diversidade

 

A presidente do CMDCA de São Félix do Araguaia, Coraci Dias, declarou aberta a conferência e agradeceu o apoio dos envolvidos. “Quero agradecer a presença dos adolescentes e das crianças, de modo especial as entidades que trabalham com a temática, a secretaria de Desenvolvimento Social e os conselheiros do CMDCA”, agradeceu Coraci.

 

Na abertura da Conferência, a mesa foi composta pela Presidente Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA); Coraci Dias de Sousa, Prefeita Municipal; Janailza Taveira Leite (SD), Presidente do Legislativo; Antonio Augusto Miranda (PP), Promotor de Justiça do Ministério Público; Dr. Jairo José de Alencar, representando a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social; Andréia Cristina Siqueira Barbosa e representando todos os adolescentes; Maria Vitória Cândido de Aguiar

 

Inicialmente a presidente do CMDCA, Coraci disse que a conferência tem um papel importante na apresentação de propostas adequadas para o município e na avaliação de ações alternativas em prevenção a violência.

 

Em pronunciamento, o Presidente do Legislativo; Antonio Miranda ressaltou que a conferência é um espaço de participação popular na discussão e na construção de políticas públicas voltadas para crianças e adolescentes nas diferentes áreas.

 

O Promotor de Justiça Dr. Jairo fez alerta aos presentes sobre este importantíssimo tema, apontou alguns desafios a serem enfrentados nas escolas e nos bairros da cidade, onde realizará várias ações para garantir o pleno acesso das crianças e adolescentes às políticas sociais, considerando as diversidades. Firmou o compromisso feito com os adolescentes em respeitar os pais, professores, e com a educação. E convidou a todos para participarem do evento que irá premiar os melhores alunos da turma e a melhor redação que tem como tema o Meio Ambiente.

 

Posteriormente a representante da secretaria municipal de Desenvolvimento Social, Andréia Cristina, destacou que o evento é de suma importância para as políticas públicas voltadas para a criança e adolescente. “A conferência é uma oportunidade de discutir, avaliar, de pensar soluções e, também, problematizar questões que enfrentamos no dia a dia. O objetivo é garantir a proteção integral”, finalizou a secretária.

 

Em seguida a prefeita Janailza Taveira, em sua fala, reafirmou o compromisso da administração em contribuir com a melhoria das condições de vida das crianças e dos adolescentes. Continuar promovendo a integração das políticas sociais, reduzir as situações de violação de direitos e fortalecer a participação e o controle social.

 

 

 

 

O Psicólogo Junio de Sousa Alves frisou que é importante a participação da comunidade, dos alunos das escolas; Cooperin, Hilda Rocha e Tancredo Neves, ainda de acordo com Junio a Conferencia teve o seu objetivo alcançado ao discutir e propor propostas para política da Criança do Adolescente dentro do município de São Félix do Araguaia, durante todo processo da conferencia teve a participação de 110 pessoas da comunidade  de modo geral, entre alunos responsáveis, colaboradores da secretaria de assistência, outros colaboradores da prefeitura de São Felix do Araguaia.

 

A conferência municipal teve a participação ativa da sociedade civil, de movimentos sociais e de adolescentes que, contou com palestras temáticas dos eixos; I: Garantia dos Direitos e Políticas Públicas Integradas e de Inclusão Social; II: Prevenção e Enfrentamento da Violência Contra Crianças e Adolescentes; III: Orçamento e Financiamento das Políticas para Crianças e Adolescentes; IV: Participação, Comunicação Social e Protagonismo de Crianças e Adolescentes; e V: Espaços de Gestão e Controle Social das Políticas Públicas de Criança. Foram apresentadas propostas de ações e políticas públicas para a proteção integral à criança e ao adolescente.

 

As propostas foram debatidas e aprovadas em plenária e, em seguida, foram eleitos 5 (cinco) Delegados (a) e (5 suplementes) que participarão da IV Conferência Estadual dos Direitos da Criança do Adolescente, sendo 2 jovens, 1 Conselheiro Tutelar, 2 representantes do Conselho Municipal do direito da Criança e do Adolescentes, onde 01 pertence a sociedade civil e outro direito governamental.Os eleitos irão representar o município na etapa estadual da décima Conferência do Direito da Criança do Adolescente em Cuiabá, no mês de junho de 2019.