Prefeitos do Araguaia aderem em massa à campanha de Daltinho

Segundo candidato, prefeitos e vereadores percebem a necessidade de representantes em Cuiabá

Por Assessoria 03/10/2018 - 13:42 hs

Uma gama de lideranças políticas do Araguaia está dando sustentação à candidatura de Adalto de Freitas (Patriota), que concorre a uma vaga na Assembleia Legislativa de Mato Grosso. O nome é cotado pela classe de gestores da região devido à necessidade de representação do leste do estado, em Cuiabá. Em caminhada pelo Araguaia, a campanha parece dar resultados, vista a pontuação em pesquisas de intenção de votos.

Na cidade de Serra Nova Dourada, distante a mais de 1.000 km da capital, o deputado caiu nas graças de todo o corpo de vereadores da Câmara Municipal. Não foi muito diferente nos municípios de Porto Alegre do Norte, São José do Xingu e Santa Cruz do Xingu, onde Daltinho também conquistou o apoio de parlamentares.

Cresce a lista de prefeitos que dão sustentação ao candidato. Entre os nomes, estão Fernando Görgen (PSB), de Querência, Joel Ferreira (PSDB), de Bom Jesus do Araguaia, Valtuir Cândido da Silva (PSC), de Alto Boa Vista, Marcos Sá (PSB), de Santa Cruz do Xingu, e Fausto Azambuja (PR), de Luciara (veja fotos no final da matéria).

“O Araguaia acordou e uma das cadeiras será nossa”, afirma Daltinho. Ele é um dos que encabeçam a ideia de que o eleitorado da região deve votar em candidatos da região. “Das 24 cadeiras na Assembleia, nós merecemos pelo menos uma. A população tem percebido essa necessidade”, ressalta.

Para ele, seria justo mais que uma das vagas parlamentares, uma vez que a faixa leste de Mato Grosso representa no mínimo um quarto do território do estado. Dos que disputam pelo Araguaia, na corrida de 2018, apenas Daltinho mostra-se com chances reais de ser eleito, segundo últimas pesquisas de intenção de voto.

No levantamento realizado pelo instituto Gazeta Dados, entre 28 a 30 de setembro, o nome de Daltinho é o 9º mais lembrado do estado. O instituto consultou eleitores em 66 municípios de 12 regiões. Foram 1.080 pessoas entrevistadas.

Na última pesquisa do instituto Voice Pesquisas, ele ficou em 6º colocado, a frente de adversários como Max Russi (PSB) e Guilherme Malluf (PSDB). A Voice entrevistou 812 eleitores de todas as regiões do estado. Ambas as pesquisas foram registradas no TRE-MT.