Pesquisa mostra Mauro com 20% sobre adversários; vantagem dá vitória no 1º turno

Por Cláudio Moraes/FolhaMax 25/09/2018 - 04:31 hs

Pesquisa realizada pelo instituto Vox Populi, em Mato Grosso, sinaliza que o ex-prefeito Mauro Mendes (PSB) deverá ser eleito governador de Mato Grosso no primeiro turno no próximo dia 07 de outubro. Encomendada com exclusividade pelo FOLHAMAX, os números mostram o democrata com percentual, em todos cenários e simulações, acima da soma de todos outros quatro adversários.


Na modalidade estimulada, Mauro Mendes possui 35% das intenções de voto e até 22% de vantagem sobre os dois principais adversários. No segundo lugar, estão empatados tecnicamente o governador Pedro Taques (PSDB) e o senador Wellington Fagundes (PR), respectivamente, com 15% e 13%.


O policial rodoviário federal Arthur Nogueira (Rede) tem 1% e o servidor público Moisés  Franz (PSOL) ficou com 0%. Ninguém, branco e nulo representaram 16%. Os indecisos são 19% a 13 dias do pleito.


Para efeitos de uma definição em primeiro turno, o Tribunal Regional Eleitoral leva em conta somente os votos válidos, sendo que o vitorioso precisa da metade mais um. Como a Vox Populi mostra o democrata com 35%, os outros adversários somados chegam a 29% numa diferença de 6%.


Na amostra espontânea, Mauro tem 26%. Já Pedro Taques e Wellington Fagundes repetem o empate técnico, sendo que o tucano tem 11% e o republicano 10%.


Outros citados tiveram 1% e os votos em branco, nulo e ninguém foram 14%. Não responderam 38%.


A pesquisa foi realizada pelo instituto entre os dias 19 e 22 deste mês com mil eleitores. A margem de erro é de 3,1 pontos percentuais para mais ou menos com intervalo de confiança de 95%. Está registrada na Justiça com  os números BR-00793/2018 e MT-01234/2018.



CHANCE DE VOTO


Vox Populi também mediu a rejeição e, consequentemente, a chance de votos dos eleitores de todos candidatos ao palácio Paiaguás. Segundo a amostra, 42% votarão com certeza em Mauro Mendes; 22% em Wellington; 15% em Pedro Taques; 11% em Arhtur Nogueira; 4% em Moisés Franz.


Dos eleitores ouvidos pelo Vox Populi, 53% garantem que não votariam no tucano. Já 30 recusa o senador republicano e 11% o ex-prefeito da capital do Estado.