Taques exonera cargos indicados por Baiano Filho

Por Semana 7 20/09/2018 - 06:41 hs

Os cargos de confiança indicados pelo deputado estadual Baiano Filho (sem partido), foram exonerados nesta semana pelo governador Pedro Taques. O fato soa como retaliação ao ex-aliado político.

Pedro Taques concorre à reeleição, mas amarga fracos índices nas pesquisas eleitorais, conforme divulgou o Instituto MT Dados, no site cuiabano Folhamax, (hoje), onde aponta que Taques poderá ser derrotado por Mauro Mendes ainda no 1º turno.

O deputado Baiano Filho assim como outros deputados, tinha diversos cargos indicados em várias secretarias e autarquias no Estado como; Secitec, Sema, Ciretran, Indea e outros.

Analistas políticos de plantão, dizem que ao perder o apoio que contava ter no Araguaia, base política do deputado, Taques desceu do ‘salto’ e não pensou duas vezes. Mandou passar o fação na ‘turma do Baiano’.

O deputado desistiu de disputar a reeleição alegando entre eles, o desgaste político do governador Taques, em função do não cumprimento de promessas e acordos, além também de problemas de ordem pessoal.

Após anunciar sua desistência, e em seguida deixar a sigla de Taques, Baiano Filho, foi convidado por Mauro Mendes para ser coordenador de sua campanha no Araguaia que detém mais de 250 mil votos.

Isso na visão dos analistas, certamente foi a motivo do séquito precoce de Taques, que não deve ter avaliado, se os ‘dispensados’ iriam ou não depositar o voto de confiança em seu modelo de gestão para novo mandato.

Ao ser procurado pela reportagem Baiano Filho não quis comentar a decisão do governador.