Adolescente de 16 anos denuncia patrão à polícia por estupro em padaria em Confresa

Vítima disse à polícia que foi assediada pelo suspeito e que por causa disso saiu do emprego.

Por G1-MT 18/09/2018 - 22:46 hs

Uma adolescente de 16 anos denunciou à polícia ter sido assediada sexualmente e estuprada pelo patrão dela nos fundos de uma panificadora, em Confresa, a 1.160 km de Cuiabá, no dia 3 deste mês. Acompanhada da mãe, a adolescente registrou o boletim de ocorrência na Polícia Civil, nesta terça-feira (18).

A vítima disse à polícia que já havia sido assediada pelo patrão em outras ocasiões e que ele teria oferecido dinheiro para que ela se relacionasse com ele, mas que ela recusou.

De acordo com a denúncia, o suspeito já teria feito o mesmo com outra funcionária.

Ainda conforme o BO, a adolescente disse que o suspeito a levou para os fundos da panificadora, tirou as roupas dela e passou a mão nas partes íntimas.

Depois dos assédios sofridos, a adolescente relatou que saiu do emprego. No entanto, foi procurada pela mulher do suspeito que pediu para ela voltar ao serviço, dizendo que os assédios não iriam mais acontecer.

Segundo o boletim, ao retornar ao trabalho a adolescente voltou a ser assediada pelo chefe e na sexta-feira (3) foi violentada sexualmente.

A Polícia Civil informou que o suspeito continua trabalhando na panificadora e que a adolescente deve ser ouvida ainda nesta terça-feira.