Mulher suspeita de matar idosa também matou pedreiro para roubar ouro

Mulher suspeita de matar idosa também matou pedreiro para roubar ouro

Aposentada de Goiás foi sequestrada e morta em Mato Grosso. Após esse crime, polícia descobriu que mulher também matou idoso em 2017.

Por G1 MT 04/08/2018 - 01:17 hs

A mulher suspeita de ter matado uma idosa de Goiás, no mês passado, também é apontada como a autora do assassinato de um idoso, em Barra do Garças.

Juscélia Alves dos Santos Leal, de 42 anos, foi presa pela morte de lza Aparecida Flores Santos, de 66 anos. A idosa foi sequestrada na cidade de Aragarças (GO) e morta em Barra do Garças.

Depois desse crime, a Polícia Civil de Barra do Garças descobriu que Juscélia matou Jailson Francisco, de 62 anos, também em Aragarças, no dia 31 de dezembro de 2017. O corpo dele foi encontrado próximo do lixão de Barra do Garças no dia 2 de janeiro deste ano.

As investigações apontaram que Juscélia matou Jailson por asfixia e estrangulamento com o uso de um fio de aço.

No mesmo dia, com ajuda de mais duas pessoas e com um veículo de uma delas, a suspeita transportou o corpo até o lixão de Barra do Garças e lá o abandonou. A polícia descobriu que a suspeita matou Jailson para roubar um frasco que onde ele guardava pedras de ouro, que havia garimpado.

Na descoberta desse segundo crime, o procedimento investigatório será encaminhado para a Polícia Civil de Aragarças.

Morte da idosa

Juscélia e um homem foram presos pelo sequestro e morte da aposentada. ELes frequentavam a casa da vítima e eram amigos dela. A informação é da Polícia Civil de Goiás, que investiga o crime.

“Eles se aproveitaram da amizade que tinham com a vítima para cometer o crime. Eles frequentavam a casa dela e até deixavam crianças para ela cuidar”, afirmou o delegado Rogério Galvão.