Nova Xavantina - Polícia Civil prende 5 por assassinato da jovem Thainara; facção ordenou a morte

Por Assessoria Polícia Civil 20/07/2018 - 03:49 hs

A Polícia Judiciária Civil prendeu três homens e duas mulheres pelo assassinato de uma jovem, no município de Nova Xavantina. As prisões foram realizadas na quarta-feira (18). Um quinto homem, apontado como autor dos disparos ainda é procurado.

A. F. F. M. N, 35, W. A. S. K., 30, J. P. C. R. , 21, e mais duas mulheres, foram autuados em flagrante pelos crimes de homicídio qualificado, receptação e associação criminosa.

Os suspeitos presos estão envolvidos na morte da jovem Thainara Oliveira Silva, 21, ocorrida na madrugada de sábado (14.07), em uma festa que ocorria em restaurante, no bairro Santa Mônica. A moça foi alvejada por três disparos de arma de fogo, na região do peito e abdômen. Ela chegou a ser socorrida e levada à atendimento médico, mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

O trabalho realizado pelos policiais civis de Nova Xavantina, com apoio da equipe da cidade de Campinápolis, além de esclarecer o homicídio e prender os envolvidos, resultou na apreensão de um automóvel roubado e uma motocicleta.

Segundo a investigação, os cinco presos planejaram o crime junto com autor dos disparos e auxiliaram na fuga do executor. Os acusados forneceram roupas ao acusado e  também o capacete usado por ele na fuga de motocicleta. Os materiais foram apreendidos.

De acordo com uma testemunha, o autor do homicídio estava presente na festa e usava  o tempo todo um capuz de cor preta. Quando em determinado momento, o suspeito se aproximou e  efetuou quatro tiros na jovem, fugindo em seguida.

O Raphael Diniz Garcia informou que os indícios apontam que a morte da jovem foi encomendada e planejada, por uma facção criminosa, em razão da jovem integrar outro grupo criminoso rival.

Com base nas informações e provas colhidas, os investigadores conseguiram identificar os participantes do crime, os quais foram localizados em diligências realizadas na região da zona rural do município de Nova Xavantina.

Em poder dos cinco presos foi apreendida uma motocicleta, usada, inicialmente, para dar fuga ao autor dos disparos que matou a vítima. Depois suspeito trocou de veículo com seus comparsas e entrou num carro Sandero, que também tava na cobertura ao crime. O veículo que está clonado foi apreendido pelos policiais.

“Esse trabalho é resultado do empenho e dedicação dos policiais civis que não mediram esforços para localizar e prender os autores do homicídio. As investigações continuam com objetivo de identificar outros possíveis participantes”, destacou o  delegado Raphael Diniz Garcia.