Pedro Taques diz que quem pede intervenção militar é maluco

Pedro Taques diz que quem pede intervenção militar é maluco

Governador defende que os males da democracia sejam resolvidos com mais democracia

Por Laíse Lucatelli- O Livre 30/05/2018 - 00:03 hs

Pedro Taques diz que quem pede intervenção militar é maluco
Governador Pedro Taques (PSDB) criticou manifestantes-Alair Ribeiro/MídiaNews

O governador Pedro Taques (PSDB) criticou os manifestantes que aproveitaram a greve dos caminhoneiros para pedir intervenção militar no país, e os tachou de “malucos”. Alguns deles foram feridos com balas de borracha disparadas por militares durante protesto no Distrito Industrial, em Cuiabá, no fim da tarde desta terça-feira (29), quando bloquearam a pista e clamaram por intervenção do Exército.

“Penso que isso são malucos”, disparou Taques, em entrevista coletiva no início da noite, no Palácio Paiaguás, depois de mais uma reunião do comitê de crise. “Não há regime melhor que a democracia. Os males da democracia nós combatemos com mais democracia”, afirmou o governador.

Taques disse ainda que os pedidos de intervenção militar não encontram respaldo nos comandos militares, e citou que o general Villas Boas, comandante do Exército Brasileiro, é contra a possibilidade. “São pessoas que não têm conhecimento da Constituição [que pedem intervenção]. As forças armadas estão cumprindo seu papel”, disse.

O governador relatou que a greve, iniciada há nove dias, deixou de ter caráter reivindicatório e agora tem caráter político. “O serviço de inteligência nos informou que a manifestação descambou para baderna e movimentos políticos, e isso não vamos permitir. As forças de segurança vão cumprir seu papel”, afirmou.

Os bloqueios nas rodovias federais estão sendo reprimidos pela Polícia Rodoviária Federal e pelo Exército, com apoio das forças de segurança estaduais. Taques afirmou que o governo respeita o direito de manifestação mas não permitirá bloqueios das vias que impeçam os cidadãos de passarem, bem como as cargas de alimentos e combustível.