Asfaltamento da BR-158: DNIT homologa licitação do lote A e Baiano já trabalha pelo edital do lote B

Por Naiara Martins 25/03/2018 - 21:57 hs

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) confirmou ao deputado Estadual Baiano Filho nesta sexta-feira, 23.03, a homologação do consórcio de empresas vencedoras da licitação do lote “A” da BR-158, no contorno da reserva Indígena Marawatsede. O lote compreende o trecho de 85 km entre a localidade de “Luizinho” ao município de Alto Boa Vista. Com a publicação, as empresas estão autorizadas a elaborar os projetos básico e executivo da obra, orçada em R$ 180 milhões.

 

Para Baiano, que desde 2011 lidera as mobilizações para a conclusão da rodovia, o Governo Federal tem empregado um ritmo diferente às questões relativas a 158. “Finalmente, após muitas idas e vindas, audiências em Brasília, mobilização da bancada, em especial do ministro Blairo Maggi e do senador Wellington Fagundes temos demonstrado de maneira consistente a importância da rodovia não apenas ao Araguaia, mas à produção brasileira. O Brasil deve essa obra aos seus brasileiros, aos seus produtores, àqueles que alavancam nosso PIB [Produto Interno Bruto]”, defendeu Baiano.

 

Ainda no DNIT, o parlamentar questionou o superintendente regional Orlando Fanaia sobre a publicação do edital de licitação do lote “B” que corresponde aos últimos 100 km a partir de Alto Boa Vista até o Alô Brasil. O superintendente garantiu que concentrará esforços para que o edital seja lançado o final de abril.    

 

Em paralelo às licitações​ do​ DNIT, todo o trecho de 180 km já possui os Estudos indígenas aprovados junto a FUNAI, e aguardam apenas pela aprovação final das licenças ambientais.