População de Barra do Garças será beneficiada com anel viário que sai do papel depois de 25 anos

A obra que começou com esforço do senador Welington Fagundes e do prefeito Roberto Farias teve início com governo do estado e foi assumida pelo Governo Federal e faz parte do PAC (Plano de Aceleração do Crescimento).

Por Assessoria / DNIT - DF 23/01/2018 - 08:59 hs

A cidade de Barra do Garças, Mato Grosso, ganhará, brevemente, duas  pontes de concreto. Em fase final de implantação, a  ponte sobre o rio Garças, tem 168 metros de extensão e está prevista para ser entregue no mês de março.

Além da ponte sobre o rio Garças, o DNIT também deve concluir, ainda no primeiro semestre, as obras da ponte sobre o rio Araguaia, de 241 metros, na divisa entre Mato Grosso e Goiás.

Ambas fazem parte  do Anel Viário de Barra do Garças que tem 9,9 km de extensão e vai ligar as rodovias federais BR-070 e 158, retirando do centro da cidade o tráfego de caminhões. As obras estão sendo realizadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e estão orçadas em R$ 80 milhões.

O Anel Viário é considerado uma das mais importantes obras de infraestrutura da região e ganhou novo impulso ao ser incluído pelo Governo Federal, no ano passado, no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A obra, que era objeto de convênio com o Governo do Estado de Mato Grosso, foi assumida pelo DNIT.