Corpo do homem encontrado morto dentro de cisterna é reconhecido pela família

Por Clodoeste Pereira \'Kassu\'Agua Boa News 08/01/2018 - 05:36 hs

O homem encontrado morto dentro de uma cisterna na cidade de Cocalinho no início da noite de segunda-feira 01 de janeiro poderá ser do pedreiro Ademar Ribeiro Leal de 59 anos, natural de Itaberaí (GO).

Ao Agua Boa News o casal de filhos dele Leomar Ribeiro  Leal e Aguida Ribeiro Leal, residentes em Goiânia, informaram  que eles são de Itaberaí, mas mudaram para a capital há muitos anos e o pai deles residia em Cocalinho a cerca de cinco anos.

Logo após o corpo ser encontrado eles foram avisados por conhecidos de Cocalinho que poderia ser do pai deles. “Minha mãe reconheceu através do short que ele usava, pelas mãos, dedos dos pés, e também por que ele tinha falta de quatro dentes superiores.” Disse a filha Aguida muito angustiada com e como tudo aconteceu.

Família está indignada

Ela ainda informou que a família está indignada, pois o corpo foi sepultado como indigente na quarta-feira dia 03.01, mesmo a família tendo avisado a funerária que eles estavam a caminho de Cocalinho, mas quando chegaram lá já havia sido sepultado.  Segundo ela foi esclarecido que houve uma autorização para o corpo ser sepultado em Água Boa mesmo, devido ao estado de decomposição não havia como ser conservado na câmara fria do IML por que não cabia.

Agora terão que esperar cerca de 30 dias até sair o exame de DNA para o corpo ser removido e transladado para o sepultamento no túmulo da família em Itaberaí no interior de Goiás.

O crime

A filha da vitima ainda relatou que o seu pai foi vítima de latrocínio, segundo ela mataram o seu pai para roubar o seu veículo uma Fiat Strada e sua carteira. O veículo foi encontrado em lote baldio e um dos supostos assassinos foi preso pela polícia e solto, pois não havia sido expedido o mandado de prisão.