Porto Alegre do Norte: Daniel reivindica melhorias para o município

Em audiência com Taques, prefeito volta a tratar sobre Hospital Regional

Por Assessoria 17/12/2017 - 06:06 hs

 

 

A construção do Hospital Regional de Porto Alegre do Norte fez parte dos assuntos tratados entre o governador Pedro Taques e o prefeito Daniel do Lago, nesta terça-feira, 12.12, em Cuiabá. A audiência foi garantida pelo deputado Baiano Filho, que apesar de cumprir agenda no interior, já havia antecipado as tratativas com Pedro Taques.

Sobre o hospital, Taques assinalou ao prefeito que a construção da unidade faz parte das prioridades de governo, apesar das limitações financeiras vividas pelo Estado. Daniel reiterou ao chefe do executivo a carência enfrentada pelo Norte Araguaia no atendimento à saúde, e frisou sobre o Araguaia ser a única região de Mato Grosso desprovida de uma unidade regionalizada.

O hospital é um compromisso firmado pelo deputado Estadual Baiano Filho há mais de cinco anos com a sociedade do Norte Araguaia, em especial de Porto Alegre, e que apesar dos diversos enfrentamentos travados para o início das obras, o projeto não avançou. O regional é tema recorrente das diversas pautas mantidas entre Baiano e o Governo do Estado, e foi motivo de comoção durante o Fórum Politico de Porto Alegre, em abril deste ano, quando Baiano emocionou os participantes ao clamar pela construção da unidade.

Dando sequencia as demandas, também foi discutida a execução de R$ 3 milhões em obras de drenagem já empenhadas entre a Prefeitura de Porto Alegre e o Governo do Estado, e que aguardam apenas pela assinatura do convênio. Nesse sentido, Taques orientou que o prefeito retome as tratativas para liberação do convênio em fevereiro, quando terá uma nova avaliação da capacidade financeira do Estado.

No setor da segurança pública, Daniel argumentou sobre a necessidade do Estado em definir a área onde será construído o presídio de Porto Alegre do Norte. A obra faz parte de um convenio entre o Ministério da Justiça, por meio do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e o Governo do Estado. O pacote prevê um investimento total de R$ 27 milhões para a construção das unidades de Várzea Grande, Peixoto de Azevedo, Sapezal e Porto Alegre do Norte. Taques esclareceu que tem mantido conversações em Brasília para definir o formato e a dimensão da unidade, que poderá ter o numero de vagas reduzido. Inicialmente eram previstas 300 novas vagas.

O prefeito Daniel aproveitou para tratar sobre o pagamento de emendas parlamentares no valor de R$ 150 mil para obras de pavimentação urbana e R$ 66 mil para conclusão das obras da Praça da Matriz. O governador se comprometeu em avaliar a possibilidade de pagamento ainda este ano.

Finalizando, Pedro Taques assumiu o compromisso de participar da entrega dos títulos de regularização fundiária do Distrito de Nova Floresta, em Porto Alegre do Norte. A solenidade está pré-agendada para a segunda quinzena de janeiro.

Também participaram da audiência o chefe de Gabinete do deputado Estadual Baiano Filho, Luiz Otávio Borges, e os empresários José e Paulo Bihl, proprietários do Grupo Bihl, empresas do ramo de frigorifico, laticínio e curtumes.