Sem projeto, obras da E.E. Martiniano Carlos Pereira são transferidas para o próximo ano

Por Assessoria 24/10/2017 - 04:51 hs

Um pacto firmado entre o deputado Estadual Baiano Filho (PSDB) e o secretário de Estado de Educação (SEDUC) Marcos Marrafon garantiu o investimento de R$ 700 mil para obras de reforma e ampliação da Escola Estadual Martiniano Carlos Pereira, no município de Santa Terezinha. A decisão foi tomada após uma reunião com a participação do prefeito Euclésio Ferreto e da diretora da unidade escolar Rosane Meneses esta semana, em Cuiabá.

Na proposta, a prefeitura de Santa Terezinha deverá concluir o envio dos documentos necessários e projeto técnico para análise e aprovação da SEDUC, que deverá licitar as obras ainda este ano. Além da reforma estrutural de todo o prédio, as obras também contemplam a ampliação da unidade que terá quatro novas salas de aula.

As melhorias são aguardadas pela comunidade desde 2016, quando Baiano disponibilizou uma emenda no valor de R$ 250 mil para a cobertura da quadra poliesportiva, o que não ocorreu devido à falta do projeto padrão. Ainda no final de 2016, percebendo que perderia o valor da emenda, Baiano propôs aplicar o mesmo valor na construção de quatro novas salas de aula e assumiu o compromisso de garantir junto a SEDUC o restante do recurso para a reforma geral da escola, assegurando assim, a construção de quatro novas salas e a reforma do prédio. Com o novo remanejamento do recurso, a previsão era de que as obras teriam início em 2017, o que também não ocorreu.

Desta vez, a impossibilidade da prefeitura em concluir o projeto para reforma e ampliação da escola obrigou, mais uma vez o remanejamento do recurso, agora para 2018. Diante da expectativa gerada junto aos pais, professores e alunos, Baiano convocou a audiência em Cuiabá para esclarecer à diretora Rosane que o prazo para empenho das emendas vence em 30 de outubro, sendo impossível à prefeitura concluir toda a documentação necessária. Assim, Baiano não só reafirmou sua emenda para o próximo ano, como ainda garantiu que a SEDUC invista mais R$ 450 mil para as obras de reforma.

O deputado mais uma vez frisou ao prefeito Euclésio sobre a urgência da prefeitura em concluir a documentação e projeto técnico necessários para que a SEDUC licite a obra.

“Infelizmente a prefeitura de Santa Terezinha não concluiu a tempo toda a documentação necessária, que precisa cumprir um tramite rigoroso dentro da SEDUC. O secretário Marrafon compreendeu as dificuldades do município em concluir a documentação, e numa grande demonstração de sensibilidade se comprometeu não só em dar agilidade ao início das obras como ainda irá complementar o recurso necessário para a reforma da escola no próximo ano”, esclareceu Baiano.

Em fevereiro deste ano, Baiano chegou a levar o secretário Marcos Marrafon para conhecer as instalação da E.E. Martiniano Carlos Pereira, em Santa Terezinha, quando diante de pais, mestres e alunos assumiram o compromisso de priorizar as obras da unidade.

Em Cuiabá, Baiano ainda conseguiu que a SEDUC inclua a construção da quadra poliesportiva coberta no Programa de Aceleração desenvolvido pelo Ministério da Educação (MEC). A aprovação da obra passará pela análise técnica do ministério.