Fazenda em Barra do Garças utiliza brincos eletrônicos no lugar de marca fogo

Carmen Perez, proprietária da Fazenda Orvalho das Flores aboliu o marca fogo em bovinos em sua propriedade.

Por Assessoria/Allflex 11/07/2017 - 18:58 hs

Agora, a identificação dos animais é feita através da colocação de brincos eletrônicos, diminuindo o sofrimento e garantindo o bem-estar animal.

O projeto, ainda em fase experimental, ocorre em parceria com a Allflex – empresa de identificação de animais – sob a supervisão do coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisa em Etologia e Ecologia Animal (Grupo Etco), Mateus Paranhos da Costa. 

“Fizemos um experimento no momento da marca fogo, com a gravação em vídeo. Posteriormente, toda equipe assistiu e pôde perceber que é nítido o sofrimento animal neste tipo de manejo. Foi quando optamos por investir na brincagem ao invés da marcação tradicional”, explica Carmen Perez. 
Entre as vantagens da utilização de brincos no lugar da marcação a fogo estão a automatização da coleta de dados, redução do tempo de trabalho e da ocorrência de acidentes, menor contato com os animais, diminuição de estresse – tantos para os animais como para o homem – e menos contusões dos animais nas diferentes fases de manejo e na carcaça.

“A pecuária vem cada vez mais adotando tecnologias que tornam a atividade mais produtiva e eficiente. Substituir a marcação a fogo pela brincagem, além de reduzir o sofrimento do animal, que impacta diretamente na qualidade da carne, oferece ao produtor uma importante ferramenta de gestão do seu rebanho. Por isso, apoiamos o projeto da Fazenda Orvalho das Flores, que vem obtendo resultados muito interessantes com essa substituição”, destaca o gerente comercial da Allflex, Ivo Martins.